quarta-feira, 6 de março de 2013

SOLOPerfil: Rodrigo Massoni


  • NOME: Rodrigo Massoni 
  • CIDADE: Jaú 
  • IDADE: 32 anos
  • EXPERIÊNCIA NO TRIATHLON: Comecei por acaso em novembro de 2007. Precisava perder peso e ganhar condicionamento físico para o campeonato mundial de surfe de peito em Pipeline no Hawaii que foi em fevereiro de 2008, quando vi estava nadando, pedalando e correndo! Mas quem fez essa observação foi um cara que nadava no mesmo horário, que vendo que eu chegava pro treino de bike, nadava e depois saia para um trotinho, ele perguntou se eu treinava triathlon, respondi que não, mas fiquei curioso e perguntei como que era esse tal de triathlon, ja tinha ouvido falar mas não sabia nada a respeito! Dai o cara me explicou como eram as provas, distancias, etc... cheguei em casa, fui procurar a respeito na internet e fiquei de cara, achei muito legal e aqui em Jaú é show para treinar! Em Setembro de 2008 já estava com uma speed e fazendo minha primeira prova no Troféu Brasil na USP! Me apaixonei e o triathlon virou um estilo de vida! Hoje já fiz dois ironman, aguns long distances, varios olimpicos e short distance e ultramaratonas. O triathlon mudou minha vida para melhor, absurdamente! Desde o lado de me afastar das baladas e boemia, conheci amigos fantásticos que vão me acompanhar por toda a vida, me mantem sempre em forma, ajudando inclusive em outras modalidades como tênis que jogo desde a infância e me permite comer como um louco e não ficar gordo! kkk! Valeu Marcão por aquele dia na piscina, a sua observação mudou minha vida irmão!
  • PRINCIPAL CARACTERÍSTICA: Adoro correr! Das três modalidades essa é minha paixão! Se tem um esporte que nasci com uma habilidade natural, esse esporte é a corrida!
  • PORQUE O SOLOMAN? 
Me identifiquei com o Soloman desde a primeira vez que ouvi falar a respeito. Estava achando o Ironman Brasil e o Troféu Brasil um circo, e nós atletas e clientes os palhaços. Tenho nojo de caras que não respeitam seus clientes e atletas. Não tenho problema nenhum em gastar dinheiro com esporte e competições, mas a partir do momento em que vejo que estou sendo explorado e não estão me respeitando a coisa pega. Fora isso, algo que adorava nas primeiras provas de triathlon que era a vibe da galera, senti isso meio diferente no ultimo ironman que fui, tinha uma galera muito nada a ver presente, mais fazendo o negócio por puro exibicionismo do que para si mesmo, pra mim o dia da prova é uma festa, é o dia de celebrar este estilo de vida e o amor pelo esporte e para essa galera era puro status. No Soloman vejo o resgate desta vibe, algo que eu sentia e pirava assistindo os vídeos dos primeiros ironman do Hawaii! No Soloman é uma maneira de eu estar presente e participar de algo parecido, o triathlon de longa distancia no seu estado puro, na essência! 

Obs.:Na foto que mandei ao fundo esta meu staff, grande Fabricio, mais conhecido como Kossas! Ele foi fundamental no sucesso da minha estreia nos 75k da Bertioga/Maresias! Tamo junto denovo Fá!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário